Teoria

The Leak Testing Revolution. Easy, Fast and Smart.

Tipos de teste de estanqueidade

Entende-se como teste de estanqueidade um procedimento capaz de verificar a vedação pneumática de um componente. Diferentemente da maior parte dos tipos de medida, tais como, por exemplo, a ponderada ou dimensional, o controle de vazamento requer quase obrigatoriamente um equipamento. A seleção do método de teste adequado depende geralmente dos seguintes parâmetros:

  • Valor da taxa de vazamento admissível
  • Tipo de teste: localização ou medição do vazamento
  • Especificações do componente que deve ser testado: dimensões, limites de resistência à pressão ou ao vácuo, materiais de montagem, acabamento das superfícies, etc.
  • Condições de utilização e de teste
  • Parâmetros de segurança e ambientais

Alguns dos métodos aplicáveis estão apresentados na seguinte tabela:

Método Gás Tipo de teste Sensibilidade
[ Pa m³/Seg]
Gás hélio Local./ Pass-No Pass 10-11 … 10-6
Teste por interceptação compliance em campânula Ar Pass-No Pass 10-6
Teste por queda de pressão Ar Pass-No Pass 10-5
Teste por vazão Volumétrica ou de Massa Ar Pass-No Pass 10-4
Teste visual em recipiente de água e ar pressurizado Ar Visual 10-4

O método a Hélio não será analisado por não estar incluído nos produtos de nossa produção. É importante notar que o sistema tem os mais altos índices de sensibilidade e os custos de implantação e de gestão tornam-no aplicável só onde é realmente necessário, ou seja, no âmbito de componentes para gases refrigerantes, microeletrônica, marca-passos, etc. O teste por imersão também não é mencionado, pois é tecnicamente válido somente para mostrar de modo efetivo o ponto de vazamento, com finalidade de localizá-lo.
O baixo nível de sensibilidade definido pela norma deve ser interpretado, na realidade, como impossibilidade do método de fornecer uma medição, incerteza nos resultados quando aplicado em linha de produção e elevado custo de gestão pela impossibilidade de ser automatizado.


Próximo